fancybox - Touch enabled, responsive and fully customizable jQuery lightbox script

Raça Angus participa pela primeira vez da ExpoGrande, em Campo Grande

A raça Angus está chegando à ExpoGrande, a maior exposição da cadeia da carne bovina do Centro-Oeste. Entre os dias 28 de abril e 04 de maio, um grupo de 18 touros Angus criados nas condições tropicais do sudeste (São Paulo e Minas Gerais) estará à mostra no evento. O objetivo é apresentar a raça aos pecuaristas sul-mato-grossenses, ressaltando suas características econômicas e reforçando o conceito do cruzamento industrial, uma prática moderna que impulsiona a produtividade e a excelente qualidade de carne.

“O Angus é a raça taurina que mais cresce no Brasil. O Mato Grosso do Sul é um dos estados mais importantes para a pecuária, tendo como base o gado Zebu. O cruzamento industrial representa a soma das melhores características do zebu e dos taurinos. Como criadores de Angus – e também de zebu – estamos levando a raça para a ExpoGrande, com a proposta de mostrar aos pecuaristas do estado que fomentar o cruzamento é uma opção de genética inteligente, pois gera bezerros de rápido ganho de peso, excelente conformação de carcaça e precocidade de acabamento. Estes atributos geram ótimo resultado financeiro e uma demanda recorrente do mercado”, explica Luiz Henrique Campana Rodrigues, proprietário da HR Agropecuária, parceiro da iniciativa.

Além da HR, a Casa Branca Agropastoril e a 3E Agropecuária participam do projeto na ExpoGrande.

“No mundo todo, a raça Angus é reconhecida por seus atributos em termos de qualidade de carne. O Brasil tem a dádiva de contar com o zebu e poder fazer o cruzamento industrial com Angus. Os resultados em termos de heterose são espetaculares. A parceria Zebu/Angus está dando certo em todo o país e o mercado sul-mato-grossense tem grande potencial a ser explorado. Trata-se de um negócio excelente para os pecuaristas e para o Brasil, já que a produção cresce e o nível de qualidade da nossa carne também”, complementa Paulo de Castro Marques, proprietário da Casa Branca Agropastoril.

Os 18 touros Angus apresentados na ExpoGrande têm de 24 a 28 meses de idade, estão devidamente avaliados para as principais características produtivas e reprodutivas e prontos para trabalho a campo. “Estamos levando os machos para ser colocados à prova”, ressalta Luiz Henrique, destacando que o objetivo é dialogar com os pecuaristas do Mato Grosso do Sul. “Certamente eles têm dúvidas a esclarecer. Esse é um dos principais objetivos da nossa iniciativa. Queremos mostrar exatamente de que maneira o Angus pode ajudá-los a produzir mais e melhor. Afinal, o nosso objetivo é comum”.

Os touros Angus estarão disponíveis para venda, mas esse não é o objetivo principal da mostra. “Nossos técnicos estarão à disposição dos interessados para esclarecer dúvidas, falar dos programas de melhoramento genético e, particularmente, das oportunidades do cruzamento industrial”, acrescenta o médico veterinário Luiz Fernando Campana Rodrigues, que coordenará o pavilhão Angus na ExpoGrande.

A iniciativa tem a parceria da Agener, CRV Lagoa e Central Bela Vista, cujos técnicos também estarão na mostra para atender os pecuaristas interessados em saber mais sobre o Angus, sua genética e os protocolos sanitários e de reprodução. Mais informações pelos telefones (17) 99772-7100 e (17) 3462-2130.